Apex-Brasil leva a moda brasileira ao Japão

por Fashion Bubbles
/ 24 agosto 2007

 brasil-toquio.bmp

A moda brasileira terá uma grande oportunidade de conquistar ainda mais espaço do outro lado mundo. No final deste mês, de 28 a 30 de agosto, a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) realiza o Brasil Fashion Now, em Tóquio, no Japão. Durante 3 dias, estilistas brasileiros apresentarão suas coleções a empresários japoneses com a expectativa de gerar negócios iniciais no valor de US$ 6 milhões.

  Organizado pela Apex-Brasil, em parceria com as Associações Brasileiras de Estilistas (ABEST), da Indústria Têxtil e de Confecções (ABIT), das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM), o evento reunirá nomes como Ronaldo Fraga, Isabela Capeto, Salinas, Melissa, entre outros.

“Com esta iniciativa, a Apex-Brasil pretende fortalecer a imagem do Brasil e de seus produtos no Japão, ampliando, assim, as relações comerciais e a cooperação entre as empresas dos dois países”, diz o presidente da Agência, Alessandro Teixeira. (…)

E o setor de moda é um bom exemplo deste dinamismo. No ano passado, o Brasil exportou US$ 3,79 milhões em produtos de vestuário para o Japão, um crescimento de 16% sobre 2005. Neste grupo, estão incluídos mercadorias de alto valor agregado.

Este é o primeiro Projeto de uma série de ações de promoção comercial coordenadas pela Agência no Japão nos próximos anos. “O Japão é um importante comprador de produtos brasileiros, especialmente produtos de qualidade, sofisticados e exclusivos”, destaca Teixeira. Para se ter uma idéia desse mercado, com um PIB de US$ 4,4 trilhões no ano passado, o país asiático perde apenas para os EUA. A renda per capita chegou a US$ 34,2 mil em 2006, posicionando-o como a 19ª maior renda mundial.

Com relação ao comércio exterior, o Japão exportou, em 2006, US$ 647,1 bilhões e importou US$ 577,5 bilhões. Desse total, o Brasil vendeu aos japoneses US$ 3,88 bilhões. “Temos um trabalho de longo prazo a ser feito e o produto brasileiro tem total condição de entrar neste mercado”, disse Teixeira.

Alessandro ressaltou ainda que o comércio entre os dois países cresce a cada ano. Em 2006, o intercâmbio comercial (exportação + importação) entre Brasil e Japão chegou a US$ 7,723 bilhões, um crescimento de 12,2%, comparado com 2005. De janeiro a julho deste ano, esse valor chega a US$ 4,954 bilhões. Em 2002, o intercâmbio entre brasileiros e japoneses era de US$ 4,446 bilhões.

Nestes primeiros sete meses, as exportações para o Japão atingiram US$ 2,451 bilhões, um crescimento de 12,9% se comparado com igual período de 2006. Os principais produtos brasileiros comprados pelos japoneses foram minérios de ferro, alumínio em bruto e carne de frango.  “Exportamos, na maioria, produtos básicos, mas queremos e temos capacidade produtiva de vender também produtos com alto valor agregado, como moda”, destacou.

Sobre o Brasil Fashion Now

 O Evento acontece entre 27 e 30 de agosto no Omotesando Hills Tóquio, shopping localizado no centro do bairro mais sofisticado da capital japonesa. (…)

Leia matéria completa no site Apex Brasil.

24 agosto 2007
Fashion Bubbles

Fashion Bubbles