Milão Fashion Week Primavera 2020 / 21 – 4 movimentos, destaques e tendências – Verão 2021

por Francieli Hess
/ 24 setembro 2019 / 3comentarios

 

O mês da moda segue a todo o vapor e a Milão Fashion Week Primavera 2020 / 2021 trouxe muitas novidades. Da nova estética Gucci ao crescente apelo ambiental nas coleções, confira abaixo os highlights:

 

Principais destaques Milão Fashion Week Primavera 2020 / 2021

 

Considerada uma das maiores capitais da moda, Milão sempre surpreende e traz os shows mais aguardados da temporada.

Para a Primavera 2020 / 2021, além das tendências de modelagem, cores e estampas, os estilistas mostraram que as passarelas também são palco de diferentes transformações sociais. Esses foram os destaques:

 

1. Versace demonstra apoio à Amazônia com J-Lo e vestido icônico

Jennifer Lopez em 2000 x 2019.

Peças utilitárias e curtos moderninhos com ar sensual na passarela da Versace. Nessa temporada, a grife se inspirou na floresta amazônica e trouxe estampas icônicas do seu arquivo. Pense em um mix de cores vibrantes, prints  inspiradas pela natureza, tie dye e muito brilho. A ideia, como diz Donatella, é agradar à todos: “dos Millennials às mães”.

 

Tie Dye em destaque para o Verão 2021

Tendências Beleza 2019 As apostas do Emmy Awards para Moda Festa

Veja mais

Dos neutros básicos…

<

p style=”text-align: center;”>… à explosão de cores e texturas!

<

p style=”text-align: center;”>Destaque para os bordados 3D

Versace RTW Spring 2020

Para encerrar o desfile, a cantora J-Lo surgiu com uma releitura do icônico vestido verde usado em 2000. Caso você ainda não saiba, o look original fez tanto sucesso que acabou inspirando a criação do Google Images.

Ao surgir poderosíssima na premiação, J-Lo inspirou tantas buscas no mecanismo que a empresa sentiu a necessidade de desenvolver uma ferramenta que facilitasse a busca por imagens!

Jennifer Lopez roubando a cena

<

p style=”text-align: center;”>Íntegra do desfile da Versace no MFW SS20 – Para mais fotos da coleção clique aqui

Detalhe de Camisa bordada da Versace – Bordados 3D são destaque nas semanas de moda

 

2. Consciência ambiental e tecidos eco-friendly na Marni

 

O meio ambiente vem sendo pauta constante nas coleções de Francesco Risso para a Marni. Nessa temporada, ele apresentou peças inspiradas em uma viagem à Amazônia, em parceria com Judith Hopf.

 

Estética fauvista + ambientalismo

E as Havaianas nos pés? Adoramos!

A plateia sentou sob palmeiras feitas de papelão reciclado, enquanto assistia um desfile colorido e consciente, que ganhou toques Fauvistas em estampas enérgicas e expressivas.

Além da relação com a floresta e o movimento artístico Fauvismo, Risso ainda utilizou algodão orgânico e tafetá reciclado para construir sua coleção. Belíssimos trabalhos em crochê também foram apresentados!

Veja fotos da coleção completa aqui.

Crochê Marni MFW SS20

Estampas enérgicas também no crochet da Marni. Veja galeria com detalhes.

Leia mais:
Acessórios Verão 2021 – Forbes revela 4 tendências para a joalheria
Cores Verão 2021 – Pantone revela as apostas da NYFW SS20 para a temporada
Looks Verão 2021 – 4 tendências para se inspirar da NYFW Spring 2020

3. A nova estética da Gucci

Modelagens lânguidas, blocos de cores e mix de texturas enxuto.

Alguns anos após trazer o kitsch e o maximalismo de volta para a moda, Alessandro Michele agora bebe de novas fontes. Sua coleção trouxe referências das décadas de 70 e 80, com formas mais minimalistas e modelagens sensuais.

Gucci Primavera 2020

É interessante notar como, apesar de bem diluída, a brincadeira entre diferentes texturas ainda persiste, como nos slip dresses com recortes de tecidos bem diferentes e elementos fetichistas. Em 2019, a marca registrou o menor crescimento em 4 anos, um fator decisivo para a mudança estética percebida na passarela.

Apesar dos esforços, a “nova” Gucci dividiu opiniões entre consumidores.

E o cenário todo trabalhado no Neo Mint? Nós já falamos sobre essa tendência em Abril.

Enquanto os consumidores de luxo migram para marcas vistas como mais exclusivas, a Alessandro Michele se reinventa e propõe uma visão mais “minimalista” de sua própria estética. Agora é esperar para ver como os consumidores irão reagir a essa nova fase.

 

4.  Prada ressignifica o luxo com simplicidade

O segredo? Modelagens com pegada clássica e styling moderninho

 

Nas palavras da própria Miuccia Prada, “chegou a hora de se comprometer seriamente a produzir menos.” Nesse embalo, ela propõe uma coleção essencialista, com peças pensadas para durar “para sempre”.

A paleta de cores traz neutros, dourados, pretos e pontos de luz em laranja e lavanda (duas tendências fortes das temporadas internacionais). Ainda assim, as modelagens são clássicas, assertivas e elegantes.

 

Prada Primavera 2020 – Menos é mais!

<

p style=”text-align: center;”>
Roupa feita para durar

 

Deste modo, Miuccia se volta ao essencial, reduz o armário e traz apenas aquilo que realmente faz a diferença no look, seja através das texturas rústicas como a seda crua ou dos couros coloridos, mas atemporais.

O movimento confirma que a moda está cada vez mais conectada com o desejo dos consumidores mais jovens. Esses, por sua vez, estão cada vez mais eloquentes, críticos e dispostos a investir em marcas que realmente fazem a diferença.

 

Laços e bordados delicados na MFW SS20 – Prada Primavera 2020

 

O laranja está entre os destaques para as próximas estações – Prada Primavera 2020

 

24 setembro 2019
Francieli Hess

Francieli Hess

Francieli Hess é formada em Design de Moda pela UDESC e já estudou Cultura e Progettazione della Moda em Florença. Trabalha como estilista freelancer em Florianópolis e é apaixonada por criação, história, branding e comunicação. Instagram: @fvhess