Cultura jovem: Hipsters, Instagram e a fotografia. Saiba o que são as “Lomos” e o movimento que geraram

por Marcela Leone
/ 23 agosto 2013

hipsters2
Os Hipsters gostam de arte, música, moda e principalmente de  fotografia

O Fashion Bubbles já te contou aqui um pouquinho da história de como as tribos urbanas foram ganhando mais liberdade visual, dando vida a um novo contexto social — no qual pluralidade é palavra chave, com personalidade e looks sendo construídos a partir da união de muitos elementos e movimentos.

Gosta de arte, música, tecnologia, valoriza a moda e está sempre antenado nas últimas novidades em fotografia. Apesar de atualmente a sociedade ser muito mais difícil de ser catalogada, é de fácil identificação um novo tipo de jovem que emergiu em meados de 2011. Ele valoriza a cultura, e principalmente os produtos mais alternativos que ela produz.

Conhecido como Hipster, ele sempre sabe de filmes e bandas ainda desconhecidos, não se veste exatamente de uma maneira particular, mas gosta de moda, conhece os estilista e tende a apostar no hi-lo, com looks que mesclam produtos mais baratos, geralmente  fast fashion,  com produtos grifados.

Hipsters e a fotografia

É aquela velha história: “Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?”. A mesma retórica acontece quando a questão envolve o aplicativo Instagram e os Hipsters. Não se sabe quem chegou primeiro, mas o fato é que ambos têm muita relação.

hipsters8Fascinados por fotografia, o Instagram é uma ferramenta essencial aos Hipsters

Lomografia

Amantes de fotografia, os Hipsters valorizam a imagem analógica, mesmo que produzida de maneira digital e que tenha sido editada para que ficasse com cara de antiga. Com isso, estes jovens promoveram o boom da Lomografia. A Lomo nada mais é que uma câmera de plástico, de fácil construção e sem nenhuma tecnologia, mas que a partir da manipulação de filmes e filtros, conquista fotos com efeitos como explosão de cores, envelhecimento, distorcimento e outros.

Saiba mais em www.lomography.com.br

hipsters1Aqui, um exemplo de uma imagem produzida com uma Lomo, que propõe que a fotografia seja bem experimental  

Depois do boom das Lomos, eis que emerge o Instagram — a priori como um aplicativo apenas para IPhones. Lá você pode não apenas tirar uma foto, mas editá-la e postá-la para que seus amigos (e o mundo) possa ver e curtir.

Com telefones nas mãos, é possível transformar o dia a dia em uma narrativa imagética que pode ganhar não apenas ar retrô, mas importância na rede. Nascidos na era dos realities shows, ver e ser visto também é muito relevante aos Hipsters.Estes jovens tornaram-se fotógrafos e diretores de arte, editando e revelando um pouco da própria vida. E, sem sombra de dúvidas, são um reflexo do contexto desta década.

lomos
A Lomo nada mais é que uma câmera de plástico, de fácil construção e sem nenhuma tecnologia, mas que a partir da manipulação de filmes e filtros, conquista fotos com efeitos como explosão de cores, envelhecimento, distorcimento e outros 2013-08-23_153328Exemplos de fotos com as Lomos

lo1
Com as câmeras é possível tirar fotos super criativas com vários efeitos diferentes

lomo2
Fotos com efeitos a partir da manipulação de filmes e filtros

hipsters3A exposição na rede é vista como positiva, afinal, é uma forma de ver e ser visto

Confira mais imagens de usuários do Instagram.

hipsters5A moda é um dos objetos fotográficos favoritos dos Hipsters

hipsters6Assim como suas atividades diárias, que podem ser rotineiras, como comer, ou mais esporádicas, como fazer uma tatuagem

hipsters9Paisagens, principalmente editadas com filtros retrôs, também estão entre os mais clicados

hipsters10Cultura jovem: Hipsters, Instagram e a fotografia

hipsters11As imagens podem também seguir uma linha mais poética

hipsters12Ou até mais serem bem conceituais

Fotos: Instagram

Por Marcela Leone

 

23 agosto 2013
Marcela Leone

Marcela Leone

Graduada em jornalismo e moda, Marcela é apaixonada por tudo que envolva os universos da moda, beleza, comportamento e cinema. Adora cultura geek, mas só quando o assunto é tecnologia. Já atuou na Revista Estilo, Guia Jeanswear e All Lingeriea, além de coloborar com o Blog do Pro e revista World Fashion.