Brasília comemora 50 anos – História, fotos e sites interessantes

por
/ 30 abril 2010 / 3comentarios


Catedral de Brasília por Victor Soares – Foto de Brasília 50 Anos

Sob a liderança do arquiteto Oscar Niemeyer e do urbanista Lúcio Costa, Brasília foi erguida em tempo recorde. É inegável o caráter pioneiro da construção da cidade. Em apenas 43 meses, foi construída uma capital federal em um lugar que, segundo o escritor Rubem Braga, era “os confins de Judas”.

Marco arquitetônico e artístico, em 2010 a cidade completa 50 anos. Sua história foi marcada por inúmeras transgressões, sejam elas estéticas, artísticas ou morais.

História

Erguida em 1960, no cerrado brasileiro, a cidade de Brasília é hoje a quarta capital mais populosa do país, abrigando cerca de 2,6 milhões de habitantes.

Os planos de levar a capital do Rio de Janeiro para o interior são muito anteriores à ideia de construir Brasília. Já em 1781, o Marquês de Pombal propunha a transferência da sede do Brasil Colônia do litoral para o interior.

Originalmente, o nome da nova capital seria “Vera Cruz”, uma clara referência à colonização portuguesa e ao caráter religioso que tem a cultura brasileira.

Apesar de a pedra fundamental da cidade ter sido assentada em 1922, o anúncio da construção de Brasília só se deu no ano de 1955 pelo ainda candidato à presidência da república Juscelino Kubtischek. Durante comício, o presidenciável foi questionado por um popular se respeitaria a constituição vigente, construindo assim, a cidade de Brasília.

Cinco anos depois, estaria completa uma das mais ambiciosas obras da história nacional. O arquiteto Oscar Niemeyer encarregou-se de desenhar os prédios públicos e monumentos da cidade, propondo uma estética arquitetônica singular. Em visita a Brasília, Yuri Gagarin – o primeiro homem a viajar para o espaço – disse: “Tenho a impressão de que estou desembarcando em um planeta diferente, não na Terra”.

Veja mais sobre Juscelino Kubitschek

O Fashion Bubbles fez uma seleção especial  de sites que trazem a cobertura dos 50 anos de Brasília e sua história.

Brasília 50 Anos


Interior da Catedral de Brasília por Javier Gil – Foto de Brasília 50 Anos

O site Brasília 50 Anos foi  feito especialmente para o aniversário da capital federal, apresenta textos sobre a história e a construção de Brasília. Além disso, convida o cidadão brasiliense a tornar a cidade um melhor lugar para se viver. A campanha “50 atitudes por uma Brasília melhor” sugere pequenas ações a serem tomadas que podem fazer a diferença. Há também uma seção reservada para textos e artigos sobre a cidade escritos pelos próprios brasilienses. Em “Espaços e Monumentos“, o internauta tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as obras e prédios de desenhos tão inusitado que embelezam a paisagem da cidade.
www.brasilia50anos.com.br

Veja – Brasília 50 anos


Escadaria do Palácio do Itamaraty – Foto de Veja

A Revista Veja elaborou um guia completíssimo sobre os 50 anos de Brasília. No site, o internauta pode encontrar notícias da época, fotos, artigos sobre moda, design, arquitetura, fotografia, finanças e outros, todos relacionados à construção da capital federal. Destaque para “Niemeyer, Modo de Usar“, um pequeno guia que ajuda não-iniciados em arte e arquitetura a compreender a importância e valor estético da obra do arquiteto. O artigo “Brasiliano, mas me chamem de Brasil” conta a história do primeiro bebê nascido em Brasilia e “Dener, o JK da alta-costura” traça um panorama da indústria têxtil e da moda na época de Juscelino.
www.veja.abril.com.br. Veja trechos:

Moda, nos anos JK

O costureiro Dener, no tempo em que não se dizia estilista, no início da década de 60
c. 1961
(Fonte: Revista Veja)

“Moda, nos anos JK, mais do que em qualquer governo, era sinônimo de uma indústria em seu nascimento, num tempo em que tudo no país parecia nascer – moda era também instrumento de defesa do nacionalismo, bandeira a desfraldar. Produtos made in Brazil, como o algodão, eram alçados à condição de estrelas – ainda que os tecidos sintéticos promovidos pela empresa francesa Rhodia cutucassem os empresários têxteis como Lacerda fazia com Juscelino.

A Rhodia, em um esperto lance de marketing, palavra recém-descoberta, promovia a Fenit, Feira Nacional da Indústria Têxtil, a precursora das atuais Fashion Weeks. Os fios plásticos dividiam a passarela com nomes como Dener, Clodovil e as mais belas modelos do pedaço. Mas havia um nó econômico, e ele conspirava a favor dos trópicos, do algodão patropi. As limitações impostas pela II Guerra para a importação de tecidos e roupas prontas tinham aberto um novo mercado, e agora era o momento de aproveitar a boa-nova. ” (Fonte: Revista Veja)

Martha, que não era a Rocha -Brasília – 1959 /O primeiro-casal no baile inaugural, ele de casaca, Sarah de longo tomara que caia, estola, colar de pérolas de sete voltas, luvas três-quartos e carteira dourada
Brasília – 21 | 4 | 1960 (Fonte: Revista Veja)

Niemeyer em Brasília

Oscar Niemeyer via blog Pelo Mar Aberto

“As realizações mais notáveis de Niemeyer em Brasília são as do chamado período heroico, do início da construção, em 1957, à inauguração, em 1960. Heroico ante os sacrifícios pessoais de trabalhar em condições insalubres, no meio do nada, como dizia Juscelino. E ali, na poeira vermelha do cerrado, nasceram da prancheta do arquiteto projetos que se tornariam ícones da arquitetura mundial. O Congresso, o Palácio do Planalto, o Supremo e a Catedral. O Alvorada, cujas portas se abriram em 1958, havia sido projetado antes mesmo da escolha do Plano Piloto. Outra obra-prima do arquiteto na cidade, o Palácio Itamaraty foi projetado depois do governo Juscelino e terminado no fim dos anos 1960, já com os militares no poder.

Com esses edifícios, que apresentavam soluções e formas ao mesmo tempo variadas, chamativas e elegantes, e com uma arquitetura que conseguia transmitir ao conjunto uma rara coerência, Niemeyer tornou-se definitivamente uma estrela. Firmou-se então a percepção, pressentida por Juscelino, de que era um arquiteto diferente dos outros grandes arquitetos, admirado por seus pares, pela crítica especializada, pelo público mais culto e pelo “homem comum”.” (Fonte: Revista Veja)

Brasília faz 50 anos


Memorial JK por Fábio Pinheiro – Foto de Brasília Faz 50 Anos

Essa página é ideal para quem não quer perder nem um minuto dos shows e festas em comemoração ao aniversário da capital. Além da lista de  todos os eventos já confirmados, o internauta pode encontrar lá itinerários de ônibus, metrô, horários dos táxis e um guia com endereços de bares, restaurantes e hotéis. O site também oferece alguns telefones úteis para o turista.
Para divertimento dos visitantes, há um passeio virtual por Brasília através das décadas e um quiz.
www.brasiliafaz50anos.com.br

Brasília 50 anos – Governo Federal


Candangos a caminho do canteiro de obras – Foto de Senado

O site do Governo Federal coloca à disposição dos internautas uma linha do tempo interativa narrando a história da cidade desde 1751, quando primeiro se cogitou a mudança da capital de Salvador para o interior do país, passando por diversos fatos históricos que levaram à construção de Brasília, até chegar, finalmente, aos dias atuais. No entanto, a linha cronológica não contempla os acontecimentos políticos que marcaram a história da cidade.
www.brasil.gov.br/brasilia

Veja mais fotos de Brasília


Panteão da Pátria – Foto de Flickr



Congresso NacionalFoto de Flickr


Festa de Inauguração de Brasília – Foto de Veja


Croqui original do Plano Piloto – Foto de Veja

Imagem do site Turismo Cívico

Imagem: Brasília 50 anos

Imagem via blog Grito do Rock


Colunas do Palácio da Justiça – Foto de Flickr

Para saber mais a respeito dos shows organizados acesse:

Antena 1

Brasilia 50 Anos

Blogs Abril: Daqui de Brasília

Referências

Wikipedia
Administração Regional de Brasília
Brasília 50 Anos

Augusto Paz by Fashion Bubbles

30 abril 2010