A Moda no Brasil era Modinha? CINM – Congresso Internacional de Negócios da Moda

por Denise Pitta
/ 28 agosto 2013 / 2comentarios

2013-08-28_180056

O cenário da moda brasileira está em constante mudança. E recentemente o espírito é apreensivo. De fato, a falência de grandes marcas e nomes da moda brasileira tem gerado o maior clima de desconforto.

A moda brasileira era só modinha?

Ao longo dos últimos anos vimos marcas que deram o sangue para conseguir  impulsionar o mercado fashion brasileiro. E por um momento conseguiram com excelência. Então por que de repente parece que a casa está caindo? Falta de incentivo? Entrada das marcas estrangeiras? Ou não estamos fazendo a lição de casa?

Muitos estilistas estão colocando seus nomes e marcas à venda, praticando uma reinvenção completa de estratégia e de marketing. Embora pareça um caminho escolhido, sabemos que não é bem assim. Muitos estão sendo praticamente arrastados para ‘uma nova fase’, para o ateliê quando dispostos a confeccionar sob medida ou para projetos paralelos, quando existe valor agregado a marca . Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

“_A Neon não acabou. Mas Dudu Bertholini e eu fechamos o ateliê. Vamos continuar com a marca, fazendo coleções pontuais, desde que bancadas por algum parceiro ou investidor.” – Rita Comparato

“_Nossa ideia é transformar a Neon em uma agência de branding e agregar valores aos nossos produtos, com novos parceiros e até mesmo marcas.” explica Dudu Bertholini

“_Na moda, nego dá uma deslumbrada, às vezes, e quando o negócio aperta, não dá conta de fazer o que é preciso… Está difícil para o mundo da moda brasileira. Os consumidores, em geral, querem comprar roupas baratas. E ainda tem a invasão das marcas internacionais.” Isabela Capeto

“_Nem este cabide me pertence mais” Alexandre Herchcovitch

Basta! Chegou a hora de se reunir e entender melhor o que está tirando a moda do eixo no Brasil. Averiguar a problemática e descobrir soluções futuras.

Deste desconforto surgiu o CINM – Congresso Internacional de Negócios da Moda. Reunindo mentes borbulhantes de todas as partes do mundo, palestras, apresentações de trabalhos, novos talentos, na mesma atmosfera para dar um basta na atual sensação de ‘saco cheio’, sentimento que vem contaminando a Moda no Brasil.

Venha viver essa experiência conosco. Faça parte do CINM e contribua com o germinar da revolução no pensar e fazer nos negócios da moda.
Leia também:

Tendências e Reflexões   Lei Rouanet, Fast Fashion e o começo de um novo momentoTendências e Reflexões – Lei Rouanet, Fast Fashion e o começo de um novo momento Paulo Borges sobre  Lei Rouanet fala sobre moda, renúncia fiscal e futuro, chamando classe para reflexão e uniãoPaulo Borges fala sobre Lei Rouanet ,moda, renúncia fiscal e futuro, chamando classe para reflexão e união Claudio Silveira, diretor do Dragão Fashion Brasil no Ceará, fala sobre Lei Rouanet, Moda e Indústria TêxtilClaudio Silveira, diretor do Dragão Fashion Brasil, fala sobre Lei Rouanet, Moda e Indústria Têxtil Frases Famosas   O olhar da alma
A nova Revolução Industrial e a Era do Conhecimento – Entenda as novas formas da Riqueza

2013-08-28_180115
———-
Comissão de estudantes:

Quer participar da comissão de estudantes do CINM?

Grandes mentes de todas as partes do mundo estarão borbulhando nas mais diversas discussões sobre o cenário atual da moda e das empresas criativas que aquecem o mercado.

O Congresso acontecerá na FIRJAN (RJ) entre os dias 24 e 27 de setembro e o objetivo principal é reunir quem pensa e quem faz o mercado da moda, trazendo pesquisadores internacionais e empresários de marcas diferenciadas e de diversos tamanhos para debates e reflexões sobre os melhores caminhos para o setor.

Coloque a boca no trombone! A gente quer te escutar!
http://tinyurl.com/comissaoestudantes

28 agosto 2013
Denise Pitta

Denise Pitta

Denise Pitta é digital influencer e empreendedora. Idealizadora do Fashion Bubbles, é também editora chefe do portal que já recebeu mais de 107 milhões de visitas. Estilista, formada em Moda e Artes Plásticas, atuou em diversas confecções e teve marca própria de lingeries, a Lility. Começou o blog em 2006 e está entre as primeiras blogueiras brasileiras da moda. Também desenvolve pesquisas sobre História e Identidade Brasileira na Moda e Psicologia Analítica. É apaixonada por filosofia, física quântica, psicanálise e política. Siga Denise no Instagram: @denisepitta e @fashionbubblesoficial