Arte no streetwear da Cantão – Fashion Rio Inverno 2011

por Fashion Bubbles
/ 17 janeiro 2011 / 1comentarios

O Inverno 2011 da Cantão evoca a arte e o espaço urbano. A coleção vem bastante inspirada nos anos 80 e até o raio, que era o símbolo da marca nessa década, foi resgatado.

Com clima de streetwear, as peças aparecem em formas oversized e as silhuetas mostram a cintura deslocada. Os vestidos aparecem curtos, em camadas e estampados; os macacões têm respingos de tinta; as saias são longas e as calças surgem com amarrações de pijama.

A paleta de cores mostra um colorido alegre e suave com pink, cereja, turquesa, menta, tangerina, cinzas, preto e açafrão. As referências são gráficas e orgânicas. As estampas geométricas são trabalho de Maya Hayuk, artista plástica norte-americana.

A estilista usou tecidos pesados, como lã, e fez um mix com malhas leves e tecidos de algodão. Moletom, malha estonada, sarja e algodão creponado compõem as peças. Patchwork, tricô, paetês estampados e bordados foram usados na decoração das roupas.

Entre os acessórios estão meias bicolores, luvas, bijuterias de lã, chapéus de feltro e galochas de couro envernizado e estampado. O liberty aparece também nos óculos escuros.

Cantão é a Moda de Viver Bem

A moda do Cantão tem um espírito de vanguarda permanente. Há mais de 40 anos cria coleções de alma brasileira: leve, livre, colorida e alegre. Gerações de mulheres cresceram desejando a marca que hoje tem 17 lojas no Rio, 19 em outros estados e está presente em mais de 750 multimarcas em todo o país, além de exportar para regiões como Austrália, Portugal, Espanha, Japão, Emirados Árabes e EUA. De espírito jovem e original, Cantão cria peças para mulheres de bem com a vida, de mente aberta, cosmopolitas.

Quem veste a marca tem personalidade marcante, é espontânea e autêntica e prefere revelar de forma natural e despojada sua sensualidade. Sem ser refém dos clichês da moda, Cantão valoriza o que a mulher tem de melhor.

Iniciada por um jovem e inovador casal – Leila Barreto e Peter Simon, a história de sucesso do Cantão começa em 1967, véspera de um intenso momento em que uma geração inteira dizia não ao conformismo. A partir daí, a marca consolidou-se no mercado de moda, ao mesmo tempo em que manteve-se sempre renovada, para despertar o desejo das novas gerações. Sofisticou-se, com o passar dos anos, mas sem perder a ternura do Flower Power.

Identificadas pelas estampas originais e marcantes, pela extensa linha jeans de peças com caimento perfeito e acessórios que perduram décadas, as coleções da marca, desde 2005, são apresentadas durante o Fashion Rio. Assim, o Cantão segue trilhando uma história de grandes conquistas e ajuda a contar de forma substancial e relevante o comportamento da mulher brasileira e o desenvolvimento da moda no país.

História

Iniciada por um jovem e inovador casal – Leila Barreto e Peter Simon, a história de sucesso do Cantão começa em 1967, véspera de um intenso momento em que uma geração inteira dizia não ao conformismo. A partir daí, o Cantão consolidou-se no mercado de moda, ao mesmo tempo em que manteve-se sempre renovada para despertar o desejo das novas gerações. Sofisticou-se, com o passar dos anos, mas sem perder a ternura do Flower Power. Desde o início, o Cantão sempre foi identificado, mais do que como uma marca de moda, como uma marca de comportamento.

A primeira loja foi aberta no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. Nos anos 80, a marca passa a ser um grande pólo catalisador de tendências, tornando-se sinônimo de moda para o público feminino. O Cantão foi pioneiro no varejo de moda especializada no Brasil e no final dos anos 90 já desenvolvia três coleções anuais – inverno, verão e alto verão. Gerações de mulheres cresceram desejando as coleções da marca que lançou hits como a mochila jeans, a febre das agendas, o tênis chamado Redley – que de tanto sucesso virou spin off e há 24 anos é uma das mais importantes marcas de seu segmento, as t-shirts, os vestidos, sempre recordistas de venda, e as estampas, principal característica da marca desde sua criação.

Além de ser a primeira grife a investir na profissionalização do atacado no Brasil, o Cantão também foi pioneiro em recursos humanos, criando departamentos como programação visual, visual merchandising e sistemas de informação. O estilo colorido, descontraído e de bem com a vida da marca atrai diversos empreendedores que vêem nela a possibilidade de inserção em novos mercados e, mais ainda, o sucesso que o estilo de vida brasileiro faz em qualquer parte do mundo.

O resultado de uma história de lançamentos de tendências e de uma gestão com olhos abertos para o novo pode ser percebida, por exemplo, no sucesso dos desfiles da marca no Fashion Rio e pela penetração da marca em todo o território nacional. Assim, o Cantão segue trilhando uma história de grandes conquistas e ajuda a contar de forma substancial e relevante o desenvolvimento da moda brasileira.

(Fonte: Site Cantão)

17 janeiro 2011
Fashion Bubbles

Fashion Bubbles