Minimalismo – Saiba o que é, como aplicar o conceito na sua vida e no seu estilo + marcas e looks de inspiração

por Francieli Hess
/ 28 abril 2017

destaque minimalismo

O slow fashion e o movimento contra o consumismo vazio estão ganhando cada vez mais espaço, trazendo mudanças lentas, porém bastante significativas para o mundo da moda. Entre elas, temos o aumento da busca pelo minimalismo, que aparece como um estilo de vida mais consciente, para quem busca o equilíbrio interno e externo.

minimalismo 1

Calvin Klein: em uma coleção minimalista, as cores são sóbrias e a modelagem é impecável, com peças versáteis, duráveis e atemporais.

Em alta no Netflix, o curta Minimalism: A Documentary About the Important Things, realizado por Matt D’Avella, leva o público para dentro da vida de famílias, empresários, arquitetos, artistas, jornalistas, cientistas e até um ex-corretor de Wall Street – todos se esforçando para viver uma vida significativa com menos. A mensagem é clara, poderosa e conquista cada vez mais adeptos.

Na arquitetura, o estilo escandinavo se consagrou como um dos mais pesquisados e admirados dos últimos tempos. O segredo? A simplicidade. Cores sóbrias, texturas aconchegantes e poucos objetos. O estilo é um convite ao desapego e está muito mais ligado a uma mudança de estilo de vida do que apenas uma corrente de decoração.

Na moda, vimos um grande crescimento nas buscas pelo armário cápsula, uma técnica que consiste em escolher uma quantidade limitada de peças para vestir durante um tempo determinado, sem comprar nada novo, apenas criando combinações com as peças existentes. Todas as peças devem ser essenciais e atemporais, evitando que caiam na obsolescência com a mudança das tendências de moda.

minimalismo 2  minimalismo 3

Minimalismo escandinavo: decoração nórdica propõe ambientes aconchegantes e com poucos objetos.

minimalismo 4  minimalismo 5

Armário cápsula: o minimalismo no estilo pessoal

Todos esses elementos apontam para o mesmo direcionamento. Cansadas de serem bombardeadas com publicidades excessivas e verem suas contas negativas por causa do consumismo desenfreado, cada vez mais pessoas estão se voltando para o minimalismo e a ideia de viver com menos. Em seu TED Talk “Less stuff, more happiness”, o arquiteto e designer canadense Graham Hill traz o questionamento: será que ter menos coisas, em um espaço menor, leva a mais felicidade?

 

Se você também passou pela mesma reflexão e deseja, aos poucos, mudar de estilo de vida, confira abaixo algumas dicas práticas para começar.

 

Minimalismo – como incorporar o conceito ao seu estilo pessoal

minimalismo 6  minimalismo 7

 

Na moda, a estética minimalista começou a ganhar espaço na década de 1990, como uma resposta aos exageros dos anos 1970 e 1980. O conceito contido e funcional do minimalismo era ainda mais intelectual do que comercial, tendo seu início em Paris com grandes nomes da moda japonesa como Rei Kawakubo, Issey Miyake e Yohji Yamamoto, que começaram a corrente ainda nos anos 80. Com o slogan “less is more” (menos é mais), eles traduziam em suas linguagens de moda o máximo com o mínimo possível, através das modelagens, cores e acabamentos impecáveis em suas roupas. Preto, branco, cinza, chumbo e marinho foram as cores preferidas da vez, e até hoje são bem marcantes quando falamos de minimalismo.

minimalismo 8Na corrente minimalista dos estilistas japoneses, as cores eram sóbrias e a superfície trabalhada com modelagens impecáveis.

minimalismo-90

Minimalismo nos anos 1990.

A ideia do minimalismo não é ir “contra” a moda, mas sim estar mais consciente sobre ela e aprender a usá-la a seu favor, sem se transformar em um escravo do consumo. Na hora de comprar, dê preferência para peças funcionais, elegantes e de boa qualidade, que vão durar anos e combinar com diversos looks do seu armário. Desapegue daquilo que não te traz felicidade: nunca usou, não serve mais ou não combina com nada? Doe ou venda.

O importante aqui é ter poucos e bons produtos, aqueles essenciais, versáteis e com qualidade para durar por muitas e muitas estações.

looks-minimalismo

Minimalismo: mantenha o essencial, sem perder a personalidade. Imagem via Um Pouco de Pó Mágico

minimalismo 9

Do jeans à alfaiataria, o minimalismo traz várias opções para o armário. Imagem via Um Pouco de Pó Mágico

Preze por cores neutras e estampas clássicas (xadrez, geométrico, listras ou até mesmo florais mais sóbrios, desde que possam ser usados com várias outras peças que você já tem). A cor também pode ser uma amiga do minimalismo, afinal, se você ama um toque vibrante no look, não tem necessidade de abrir mão dessa pequena felicidade, certo? Confira na galeria muitos looks minimalistas para inspirar e clique aqui para aprender a montar um armário-cápsula:

 

Inspirações – Marcas e blogs minimalistas

Sabemos que não é nada fácil se livrar do consumismo e fazer uma mudança assim tão grande, por isso, nada melhor do que buscar inspirações para se manter sempre motivado. No Brasil, o blog Tudo Orna, das irmãs curitibanas Bárbara, Débora e Julia Alcântara, é uma fonte inesgotável de looks e ideias de decor minimalistas.

A marca Leveza do Ser, também curitibana criada pelas irmãs Adília e Angélica Sanches em 2013,tem uma proposta de comfortwear. Destinada ao público feminino, trabalha com peças casuais e versáteis, adequadas tanto ao trabalho quanto ao lazer. A estilista Angélica Sanches foi diretora-criativa da Drop Sista, linha feminina da Drop Dead, marca curitibana de skatewear de renome nacional.

Um retrato da Moda no Paraná   ID Fashion 2016: números, desafios e polos da moda paranaense Um retrato da Moda no Paraná   ID Fashion 2016: números, desafios e polos da moda paranaense

A Leveza do Ser é vendida no showroom próprio, na Rua Coronel Dulcídio, 2.281, casa 2, em Curitiba, tem uma palavra de ordem em seu DNA: conforto. A ideia é levar para as ruas o aconchego das roupas usadas em casa. Saiba mais no site www.levezadoser.com.br.

Um retrato da Moda no Paraná   ID Fashion 2016: números, desafios e polos da moda paranaense Um retrato da Moda no Paraná   ID Fashion 2016: números, desafios e polos da moda paranaense
Instagram: @useleveza

minimalismo irmas orna 2  minimalismo irmas orna 1

Irmãs Alcântara do blog Tudo Orna: minimalismo com twist moderno e muita personalidade! Via Instagram. 

17333353_301290963621569_6014668739574759424_n  minimalismo irmas orna 5

Bárbara Alcântara com looks super elegantes.

 minimalismo irmas orna 3  17818513_1841752879397881_6321056416387825664_n

Julia Alcântara. Estilo minimalista e despojado, adoramos!

minimalismo orna 8  minimalismo orna 9

Débora Alcântara e um pedacinho do seu closet. Siga ela no Instagram para ver mais.

Elas também são proprietárias da marca de acessórios ORNA e da linha de maquiagens ORNA Make Up, que alinham a filosofia do minimalismo à um design elegante, com produtos de encher os olhos e aquecer o coração. As bolsas de couro seguem a filosofia do slow fashion, com matéria prima e produção inteiramente nacionais. Os modelos são atemporais, sofisticados e esgotam rapidamente, já que são produzidos em tiragens super limitadas e confeccionados inteiramente à mão.

minimalismo orna 3  minimalismo orna 4

Bolsas orna: minimalismo handmade

minimalismo orna 5  minimalismo orna 6

As bolsas da marca curitibana Orna são elegantes e atemporais!

minimalismo orna 7  minimalismo orna 1

Os batons da marca ORNA Make Up

Com design atemporal e a estética minimalista, a marca Letícia Michels Atelier traz o conceito do slow fashion, resgatando o valor das roupas e removendo a imagem da moda como algo descartável. Nada de coleções sazonais: a proposta é trazer produtos feitos à mão, sem pressa e feitos para durar. As peças são modernas e elegantes, feitas para se complementar.

minimalismo

O Instagram do Atelier é lindo e cheio de inspirações! Clica pra seguir.

minimalismo 1 minimalismo 2 

Elegância atemporal e peças feitas à mão são a filosofia do Atelier Letícia Michels.

minimalismo 3  Schermata 2017-04-27 alle 12.30.43

Minimalismo – Atelier Letícia Michels. Confira mais no site!

Sem coleções sazonais, que mudam completamente a cada estação, a proposta da marca é trazer, aos poucos, sem a pressa do Fast Fashion, produtos que durem tanto esteticamente, quanto materialmente.

 

 

 

Salvar

28 abril 2017
Francieli Hess

Francieli Hess

Francieli Hess é formada em Design de Moda pela UDESC e já estudou Cultura e Progettazione della Moda em Florença. Trabalha como estilista freelancer em Florianópolis e é apaixonada por criação, história, branding e comunicação. Instagram: @fvhess