Fashion Rio Verão 2011- Printing, Ausländer e Alessa

por
/ 20 julho 2010


Foto de UOL

Printing

Inspirada nos jardins ingleses, a estilista Márcia Queiroz usou chiffon, jacqard e cetim como base para peças ricamente bordadas. As cinturas vêm marcadas e o clima é luxuoso mas usável.

Veja o que a crítica especializada falou sobre:

“Um luxo só. Não aquele tipo de luxo que a gente guarda no armário para usar em ocasiões especiais, como pré-estréias, aniversários, casamentos e que tais. Os bordados que permeiam quase toda a coleção verão 2011 da Printing são um luxo possível, especialmente se você é adepta do high-low”.
Por Débora Chaves

Leia mais em Elle

“Grife de moda festa, a Printing misturou os bordados e jacquards a modelagens contemporâneas, com calças de cavalo baixo, bolso utilitário, colete, dobras em saias e jaquetas e deve ter agradado bastante – com mérito – as amantes da moda decorativa.
[…] Nos pés, sapatos oxford estilizados, em tons de bege e cinza, com enfeite de tachinhas.”
Por Caroline Vasone

Leia mais em UOL


Fotos de Elle

Ausländer

Os festivais de música do hemisfério norte guiaram a marca nessa temporada de verão. O desfile da Ausländer trouxe camisetas divertidas e paleta vibrante para a passarela carioca.

Veja o que a crítica especializada falou sobre:

“Diversão sob o sol. A Ausländer largou o black total do inverno passado e baseou sua coleção nos festivais de verão no Hemisfério Norte. Mais especificamente o californiano Coachella, sonho de consumo de 10 entre 10 jovens hipsters brasileiros nascidos pós-Plano Collor.
[…] A marca de Ricardo Bräutigan não se propõe a lançar tendências ou criar grandes imagens desafiadoras de moda. Pelo contrário, se esforça em retroalimentar as tendencinhas que já estão no ar e na terra, mais no vestir do que na produção das roupas.”
Por Eduardo Viveiros

Leia mais em Chic

“Na cartela de cores, branco, preto, pink metálico, vermelho, off-white e azul. Transparência surge nas capas de chuva de plástico com pegada oitentinha, para o pessoal curtir o festival sem se preocupar com a lama, nem com possíveis pancadas d’água. Nos pés, coturnos de cano baixo, sandálias abotinadas e tênis tipo All Star de cano alto. Para arrematar o clima “Wood Stock” indie, as credenciais de acesso ao festival fictício assumem o posto de pulseira e colar. A boina é maxi, com tachas e os óculos escuros tipo gatinha vêm no final, com glitter.”
Por Marie Fava

Leia mais em IG


Fotos de Chic

Alessa

As “bruxas do bem” da Alessa entraram pela passarela da Fashion Rio com seus longos vestidos esvoaçantes e plissados. Os sapatos eram bem pesados e altos e, combinando com os cabelos, volumosos e cheios.

Na cartela de cores, azuis escuros, verdes e tons mais quentes como os rosados e amarelos. Algumas pinceladas de laranja avivaram ainda mais as peças.

Veja o que a crítica especializada falou sobre:

“Batizada de “A Alquimista” a nova proposta da estilista chega repleta de aplicações em canutilhos e fios metalizados, efeito esse que casa perfeitamente o imaginário popular atribui a essas temáticas. Com formas amplas, as túnicas e vestidos ganham destaque, sobretudo, quando trabalhados texturizados em plissados e acinturados por largas faixas acetinadas.”
Por Camila Cemin Rolon

Leia mais em Portais da Moda

“Os plissados são a base da coleção, em vestidos de inúmeros comprimentos, com uma modelagem 70, com detalhes como mangas super amplas ou um ombro só. Os compridos prevelacem sobre o vestidos na altura do joelho e os curtos.”

Leia mais em GNT


Fotos de UOL

20 julho 2010