Dicas de cuidados especiais para peças de couro

por Samantha Mahawasala
/ 03 março 2011 / 1comentarios

O couro é, com certeza, uma das grandes tendências para as próximas estações. É importante saber que os couros são peles animais que passaram por um processo de estabilização chamado curtimento. Os couros mais utilizados são de origem bovina, caprina ou suína, e podem ser divididos em três grandes grupos de acordo com seu acabamento ou textura:

Couros lisos: maior ou menor intensidade de brilho e textura mais ou menos pronunciada

Couros acamurçados: toque aveludado e fibras aparentes de maior ou de menor comprimento

Couros graxos: mais estruturados e utilizados na fabricação de botas e calçados para uso outdoor

Os couros lisos podem receber em seu acabamento resinas de poliuretano, que confere maior resistência à água e maior intensidade de brilho. Os couros vegetalizados, que têm sido muito utilizados na fabricação de calçados, bolsas e pastas executivas se encaixam nesta última divisão, apresentando um aspecto natural mantendo os poros bastante abertos, o que os torna bastante sensíveis ao molhamento e absorção de sujeiras, encardindo e manchando com muita facilidade.

Os couros atanados recebem tratamento vegetal para ficar bem maleáveis. Normalmente são de cor mais clara e apresentam nuances de tonalidades (áreas mais claras e mais escuras). Podem ser identificados umedecendo a ponta do dedo e tocando a superfície do couro em um local não exposto do calçado, bolsa, pasta ou artigo cuja identificação se deseje fazer.

Os couros atanados ou vegetalizados são materiais muito sensíveis e exigem produtos especiais para sua conservação.

Caso a absorção da água ocorra muito rapidamente, muito provavelmente o material é couro atanado ou vegetalizado.

Fonte: Bonton


Fotos: Global b2b

Cuidados com o Couro

Se a peça de couro pegar chuva ou umidade, deixe-a secar num ambiente ventilado, nunca use um secador.

Peças em couro devem ser guardadas com cuidado para não amassar. Caso a roupa precise ser passada, nunca deixe o ferro em contato direto com o couro: use um tecido fino por cima da roupa e não deixe ultrapassar 80°.

Nunca guarde peças em couro em sacos plásticos. A falta de ventilação pode causar mofo e descoloração. Caso apareça algum sinal de mofo, use uma flanela úmida para remover.

A limpeza e lavagem do couro deve ser feita apenas por profissionais ou produtos específicos para o material, como os produtos da Bonton.

Evite o contato direto com a pele: o couro absorve a oleosidade natural e isso pode prejudicar a roupa. Cuidado também na hora de passar perfume, que pode manchar o couro.

Nobuk, chamois e antílope devem receber uma atenção ainda mais especial por serem mais sensíveis. Evite ao máximo tomar chuva, por exemplo. Em caso de manchas, leve a um profissional especializado.

Se a peça de couro for ficar muito tempo guardada, você deve, pelo menos uma vez ao mês, deixá-la por um tempo do lado de fora do armário para ventilar e perder o forte odor característico do material. Roupas de couro nunca devem ser colocadas em máquinas de lavar ou de secar.


Fotos: Suspiro Fashion

Por Samantha Mahawasala

03 março 2011
Samantha Mahawasala

Samantha Mahawasala

Paulistana formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com curso técnico de locução pela Rádioficina. Atuou como redatora e locutora no Grupo Bandeirantes de Rádio e também como repórter para um telejornal segmentado.