Aquecimento Global – Condé Nast anuncia nova estratégia de sustentabilidade

por Francieli Hess
/ 02 dezembro 2019
Condé Nast revela estratégia sustentável para combater o aquecimento global

Entrando na luta contra o aquecimento global, a gigante Condé Nast anuncia suas estratégias de sustentabilidade para o longo prazo. Nos meses anteriores, a marca transformou-se no primeiro conglomerado de mídia a assinar o Fashion Industry Charter for Climate Action, lançado pelas Nações Unidas. Saiba tudo sobre a novidade:

O que é o Fashion Industry Charter for Climate Action?

Imagem: Fashion Revolution Brasil

A moda é um dos setores mais poluentes e problemáticos da indústria, isso não é novidade para ninguém. O fato é que, com a pressão dos consumidores, cada vez mais as marcas buscam processos mais sustentáveis.
Tudo começou com o Fashion Industry Charter for Climate Action, um compromisso lançado pelas Nações Unidas que visa atacar o problema de frente. Marcas como Stella McCartney, H&M e Burberry estão entre as mais de 40 que abraçaram a causa.
Esse compromisso possui metas alinhadas com o Acordo de Paris, que visa limitar o aumento da temperatura na terra em 1.5ºC. Desse modo, as marcas se comprometeram com uma redução de emissão de gases de efeito estufa de 30% até 2030, com o objetivo de eliminar a emissão dos mesmos até 2050.

Moda e aquecimento global - Imagem: Fashion Revolution Brasil
Dados sobre a emissão de CO2 na moda – Imagem: Fashion Revolution Brasil


Alcançando 31 mercados distintos ao redor do mundo, a Condé Nast é uma das maiores autoridades do setor. Agora, com sua nova estratégia contra o aquecimento global, a gigante incorpora uma influência incomparável ao criar mudanças significativas para a ação climática. A empresa usará sua posição de influência para defender abordagens mais sustentáveis da indústria.

Os títulos pertencentes a Condé Nast. Conglomerado apresenta seu compromisso com a sustentabilidade.

Leia mais:
+
NEGÓCIOS – SWAROVSKI PUBLICA RELATÓRIO SOBRE SUSTENTABILIDADE DETALHANDO INICIATIVAS
+
PROTOTIPAGEM 3D NA MODA – ROUPAS DIGITAIS, TECNOLOGIA EM PROL DA SUSTENTABILIDADE

Condé Nast anuncia estratégias para combater o aquecimento global

Agora é a vez da Condé Nast – que detém títulos como Vogue e QG – anunciar sua nova estratégia global em prol da sustentabilidade.
Conforme pontuado por Wolfgang Blau, presidente internacional da Condé Nast, a moda sempre refletiu as grandes mudanças da sociedade. Por isso é tão importante que as empresas líderes do setor puxem a frente nos esforços positivos.
Um dos pontos-chave da estratégia do conglomerado é o plástico de uso único. Pensando nisso, a Condé Nast pretende eliminar todos os plásticos não recicláveis dos produtos até o ano de 2025.

Poluição na indústria da moda. Imagem: Fashion Revolution Brasil


Um relatório das operações da empresa – bem como seu plano para eliminar a emissão de gases de efeito estufa – deve ser publicado no começo de 2020.
Além disso, a Condé Nast trabalhará com parceiros do setor para influenciar o comportamento dos consumidores. Assim, em conjunto, se comprometem a promover a reutilização de roupas, moda sustentável, materiais e tecnologias inovadoras. Tudo para ajudar a reduzir o impacto ambiental negativo da moda.

moda e aquecimento global
Outras empresas devem seguir o caminho da Condé Nast no futuro.
Prolongar a vida útil das peças reduz a pegada de carbono. Imagem: Fashion Revolution Brasil



Fonte: Condé Nast News.

02 dezembro 2019
Francieli Hess

Francieli Hess

Francieli Hess é formada em Design de Moda pela UDESC e já estudou Cultura e Progettazione della Moda em Florença. Trabalha como estilista freelancer em Florianópolis e é apaixonada por criação, história, branding e comunicação. Instagram: @fvhess