Fondue: além da gastronomia, um bom momento.

por Josana Mendes
/ 30 julho 2008 / 1comentarios

raclette

Raclette

Resposta à matéria Dê-se ao Luxo – Aprecie um bom fondue na companhia de quem você ama.

Assino embaixo com o que a Leonize Maurilio escreveu sobre o Fondue. Acho-o muito especial por ser um prato convival, que possamos saborear com quem gostamos, curtir o momento, conversar e rir. Muito pouco da gastronomia nos ‘obriga’ ficarmos juntos e apreciar devagar, é uma direção oposta a fastfoods e que nos reúne.

Na Suíça existem outros pratos convivais, como a Raclette (ai, a Raclette!). Quem diria que um queijo derretido, pickles de pepino e cebola, salame e batata cozida daria uma combinação tão boa? O queijo da Raclette é derretido na mesa, com máquinas elétricas ou a velas que você nem irá sentir o cheiro (aliás, fortíssimo) de queijo, e, com certeza irá degustar cada segundo com quem você gosta.

fondue-lake-parade-c

Encontro de pessoas na Lake Parade em Genebra/Suiça

Para uma boa marca de fondue: Gerber

Para não ficar triste quando a fondue acabar:

Experimente a ‘religieuse’, é a expressão para a camada crocante de queijo no final da panela, muitos brigam por essa parte.

Nem muito útil: A fondue de chocolate foi criada em NY por um chef suíço.

Para comer raclette: Acredito que todos lugares indicados pela Leonize para fondue, também servem a raclette.

Indispensável: Vinho branco

sb10069026bt-001

Por Josana Mendes

Leia também Dê-se ao Luxo – Aprecie um bom fondue na companhia de quem você ama.

30 julho 2008
Josana Mendes

Josana Mendes

Josana é jornalista.