Super bebê existe! Mas será que existe super babá?

por Fashion Bubbles
/ 03 setembro 2009

babies_502

Imagem do site Produtora de Plantão

Super-babás ainda não existem, temos que ser realistas, não iremos encontrar o nosso clone em perfeitas condições para cuidar de nosso filho.

A profissão de babá surgiu quando as amas-de-leite ou amas-secas alimentavam e acabavam cuidando dos filhos alheios. De certa modo,  participavam da construção da personalidade da criança.Algumas, às vezes, cuidaram de bebês, e depois dos filhos desses bebês, quando ficaram adultos.

Hoje o que podemos buscar no mercado, é uma profissional que seja bem qualificada, educada, paciente e amorosa. Poderá ser a sua melhor aliada para que sua vida possa voltar aos eixos profissionais, sociais, enfim, alguém que será uma grande colaboradora.

A decisão de contratar uma babá, além de deixar algumas mães apreensivas, também é uma tarefa difícil, mas não impossível. A primeira dica é procurar uma agência de empregos extremamente confiável e transparente, que será sua tropa de choque nessa busca.

rich_01

Imagem do site Forbes

Passada a fase de encontrar a  agência, o importante é esclarecer muito bem quais os requisitos que deseja, como será a forma de trabalho, dias de folga, horários definidos, salário, benefícios;  desta forma apenas candidatas ajustadas ao perfil serão apresentadas para entrevistas.

A seleção de inúmeras candidatas deve ser feita com muita conversa, análise do currículo, perguntas sobre as experiências anteriores,  motivo de desligamento, e além disso é importante o contato com todas as antigas empregadoras buscando assim, conhecer o perfil com diferentes olhares.

baba

Imagem do site Revista Crescer

Informe-se sobre a rotina, as brincadeiras com as crianças, a higiene, a postura perante visitas; e principalmente quando possível, ter a informação da relação da criança com a ex-funcionária.

A parte técnica é importante, ou seja, saber dar banho, trocar fralda, fazer papinhas, cuidar na hora da cólica ou febre, isso tudo faz parte do trabalho, mas pode ser ensinado ao seu modo. O fundamental é gostar de crianças e ser uma pessoa de confiança.

Encontrados esses dois aspectos na personalidade da candidata , pode ter certeza que sua escolha será acertada.

Do ponto de vista prático, sugiro seguir alguns passos para certificar-se ainda mais das informações adquiridas.

jofrost1

Image do site O Fuxico

Algumas dicas para encontrar a babá (quase perfeita)

Documentação: previamente analisada pela agência, confira antecedentes criminais, referências de empregos anteriores para contatá-los, atestado médico, escolaridade.

– Experiência: ter trabalhado com crianças é importante, assim terá noções de puericultura. Se a candidata for mãe, na maioria das vezes ajuda, pois terá mais jogo de cintura em situações inesperadas.

– Entrevista: Dedique o tempo que for necessário até obter todas as informações. Monte um pequeno roteiro que irá ajudá-la a se lembrar de tudo: dados profissionais, pessoais, pergunte sobre a família, o que faz nos momentos de lazer, as amizades, namorados, onde mora.Pode até sugerir que gostaria de conhecer a família, como um  argumento para saber onde mora. Perceba a postura, o tom de voz, a maneira de olhar, enfim tente captar a alma dessa pessoa, que estará dentro da sua casa e de certa forma, irá fazer parte da sua família.

– Início de Trabalho: Para que tudo corra bem, dê um tempo certo para que a pessoa também possa se adaptar aos novos costumes, novas pessoas e passe toda a orientação necessária da forma que deseja o trabalho.Você pode elaborar uma pequena rotina, onde podem ser anotadas informações sobre o dia da criança, como horário da refeição, do soninho, se teve alguma indisposição,etc. Assim você ficará mais tranquila acompanhando de longe, através de um pequeno diário, que também irá ajudar a sua babá.

Depois disso, deixe-a exercer sua função apenas sob seus olhares, mas seu próprio filho será a melhor avaliação da sua contratação. As crianças não falham no sentimento.

MUM07

Imagem do site Babies Today
Boa Sorte!

Mais informações  nos sites:

Prendas domésticas

Sou Babá

Por Thais Vasconcelos

03 setembro 2009
Fashion Bubbles

Fashion Bubbles