A Garota das Nove Perucas – O diário de uma jovem diagnosticada com câncer é retratado sob a perspectiva do otimismo

por Denise Pitta
/ 30 outubro 2013

O diário de uma jovem promissora e sua luta contra o câncer é retratado em peculiar perspectiva de otimismo

   2013-10-30_143131

“Eu escrevia no hospital, e depois de alguns meses tinha uma pilha enorme de ‘pequenas histórias’ que eu postava em meu blog, e isso posteriormente foi a base para o meu livro”.

Sophie Van der Stap

Sophie está no auge de suas capacidades físicas e tem um futuro promissor pela frente. Acabara de garantir sua vaga na faculdade e é bela, com talento pra seduzir bem acima da média. Eis que em seu grande momento, a personagem central de “A Garota das Nove Perucas” é diagnosticada com câncer no pulmão, uma doença grave e de pequenas chances de sobrevida. É assim que se desenvolve a saga da escritora de primeira viagem, que no pior dos quadros consegue adquirir forças e motivações para lutar de forma muito peculiar.

O dia a dia em hospitais pode não parecer algo dos mais atraentes. Mas, na visão de Sophie, estimulada por uma família amável e disposta, além de amigos de longa data, tudo pode mudar na menor das brechas: o enfrentamento à queda de cabelos causada pela quimioterapia se torna uma grande aventura à frente de suas novas pseudo-personalidades, evocadas de acordo com a escolha das perucas adquiridas em seu percurso. É assim que surgem Pam, Uma, Sue, Blondie, Daisy, Platina, Stella, Bebé e Lydia, cada qual com sua forma de encarar o mundo.

a garota das nove perucas
À queda de cabelos causada pela quimioterapia se tornou uma grande aventura à frente de novas pseudo-personalidades através de diferentes perucas. Cada peruca uma nova personalidade!

A personagem principal faz uso de suas “novas Sophies” nas diversas situações que a vida lhe impôs, desde os processos de tratamento hospitalar até nas novas relações que seu novo cotidiano proporcionou. Neste cenário, alguns tipos ganham vida, entre eles os doutores K. e L., opostos na percepção da jovem protagonista, um simpático enfermeiro, Bas, e toda sorte de companheiros tais como Annabel, Jan, Jochem, Rob e Martijn.

A obra contempla toda a angústia e esperança do ser humano diante de situações em que ele se vê em risco, assim como vontades e necessidades que, em muitas ocasiões, não podem ser saciadas. Para afastar o amargo gosto da enfermidade, as caricaturas criadas por Sophie usam faces corajosas e destemidas, sonhadoras, ingênuas e até mesmo sexy’s, abrindo novos horizontes para sua atuação no mundo real.

Por fim, vale destacar que a história virou best seller na Europa, com direito a versão nas telonas: “Heute Bin Ich Blond”, com direção de Marc Rothemund e roteiro de Kati Eyssen.

alivro a garota da nove perucas
Livro – A Garota das Nove Perucas

 

FICHA TÉCNICA:

 

Editora: Livros de Safra
ISBN: 978-85-64683-23-5

Páginas: 207
Formato: 14x 21 cm

Preço: R$ 39,90

Lançamento: Novembro de 2013

SOBRE A AUTORA

Hoje, Sophie Van Der Stap é escritora e mora em Paris. Faz trabalhos como modelo para apoiar a causa do tratamento contra o câncer. A garota das nove perucas é seu primeiro livro e tornou-se um best-seller internacional e também ganhou o Bart Prize, concedido a quem auxilia a “tornar o impossível possível”. A obra foi traduzida para mais de 18 línguas, e em todas elas também encantou leitores de ambos os sexos e das mais variadas idades. O título também acaba de chegar ao cinema pelas mãos do premiado diretor Marc Rothemund.

 

a garota das nove perucas 3
Livro – A Garota das Nove Perucas

SOBRE A EDITORA

Fundada em 2010 pelos empreendedores da bem-sucedida “Negócio Editora”, adquirida em 2002 para o grupo anglo-holandês Elsevier, a editora tem quatro selos que focam diferentes tipos de publicação. O Alfaiatar é o que se chama de vanity publishing (presta serviços editoriais e comerciais para autores que valorizem a visão, a estética e o modo profissional de atuar). O selo Impressão Régia é focado em obras de Direito e Da Boa Prosa, faz livros de ficção e não-ficção com apelo mais comercial, embora sempre atento ao controle rígido da seriedade dos temas e das abordagens desenvolvidas pelos autores. Por sua vez, o selo Virgiliae contempla conteúdo mais literário, ficção ou não-ficção, com linguagens mais sofisticadas.

Via Baobá Comunicação, Cultura e Conteúdo

 

30 outubro 2013
Denise Pitta

Denise Pitta

Denise Pitta é digital Influencer e é editora do Fashion Bubbles. Estilista, formada em Moda e Artes Plásticas, atuou em diversas confecções e teve marca própria de lingeries, a Lility. Começou o blog em 2006 e está entre as primeiras blogueiras brasileiras da moda. Também desenvolve pesquisas sobre História e Identidade Brasileira na Moda e Psicologia Analítica. É apaixonada por filosofia, física quântica, psicanálise e política. Siga Denise no Instagram: @denisepitta e @fashionbubblesoficial